quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Morte lenta

Morre lentamente quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
- Pablo Neruda -


9 comentários:

Pollyanna Monteiro disse...

Que alegria receber comentários e, com eles, o carinho dos amigos! Muito obrigada por sua visita! Graça e Paz! Beijos no seu coração. Polly

Anpara disse...

Olá! Passando para agradecer a visita ao Filosofando! Muito bom o post!Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás! Bjs Ana Paula

TC disse...

Obrigada pela visita ao Um Pouco de Tudo! Hoje postei uma reflexão! Vale a pena conferir! Beijos TC

Marili Alves disse...

estou a ruminar ainda esta frase, com certeza é verdade.
paz e bem!!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
E como se morre em vida nos dias atuais!!!
Estou indo pra uma Missão além fronteira e só retorno daqui a um mês...
Passando hoje pra informar para que vc não fique preocupada com o meu "sumiço", viu???
Entretanto, deixo post programado em todos os Blogs...
Na volta, retribuirei os comentários deixados, se Deus quiser!!!
Fiquemos com a Deus da paz!!!
Bjs fraternos

Tetê disse...

Oi, querida... Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Fico feliz de encontrá-la em meu cantinho! Bjks Tetê

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita no De Tudo Um Pouco. Já o atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Bjs Nilza

ONG ALERTA disse...

Este deixa de viver....beijo Lisette.